sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Meu Impasse


“Não sei por que ainda você insiste, eu não irei mudar. Sou inseguro e irei manter esse impasse até eu criar coragem.”

         Já se passaram vários meses desde o primeiro dia que te conheci. Fiquei encantado por você de cara, seu sorriso perfeito, seu olhar penetrante, porém comigo você queria apenas uma amizade, ou será que esperava eu primeiro se declarar? Eu sou tímido e se declarar é bastante complicado, poderia ser mais fácil, se minhas indiretas funcionassem. E quem disse que elas não funcionam se você fica sem jeito toda vez que as lanço? Poderia ter colaborado e me ajudado.
            Meses se passavam e as conversas continuavam. Músicas, filmes, eu e você, infinitos assuntos, e vejo que você é melhor do que eu e diversas áreas, embora tenhamos a mesma idade. Comparado a você sou apenas um pré-adolescente com fraldas prontas para molhá-las.
            Mais meses foram se passando e o meu encanto por você foi se acabando. Nós Continuamos a conversar, eu era legal, assim como sou com todo mundo, porém já não estava mais interessado na sua pessoa e também não fazia questão de esconder. Fui franco e disse que estava saindo com outra pessoa e você também não fez questão de esconder a sua tristeza somada com um pouco de desespero.
            Passamos um mês sem nos falar até que você recebeu minha mensagem com um pedido para conversarmos, eu precisava desabafar com alguém e você era a única pessoa que me entendia. Durante nossa conversa te falei o que você não esperava, eu não estava mais se relacionando com ninguém embora eu ainda gostasse da última ficante. Você me deu força e conselhos para seguir em frente. Eu agradeci.
            No dia seguinte, você demonstrava estar bastante feliz, enquanto eu ainda continuava triste. Agora foi o meu momento de ser surpreendido, após tantas indiretas, você se declarou. Sinceramente, eu não esperava por isso, jamais esperava você se declarar, porque você não disse essas doces palavras no inicio quando nos conhecemos?; e agora que só quero sua maizade você quer algo a mais mesmo sabendo que eu gosto de outra. Você se declarou porque viu que pode me perder?
            Eu não sei o que fazer. Você quer que eu tome uma decisão, mas não posso. Eu só quero sua amizade, mas também só quero o seu bem. Saia e encontre quem lhe agrada, com a sua perfeição você pode ter quem quiser. Esqueça de mim, esqueça desse ogro, porém peço que não se esqueça da nossa amizade. Não irei tomar nenhuma decisão, coragem me falta, ficarei nesse impasse, na realidade eu não sei se ainda te amo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...