domingo, 17 de fevereiro de 2013

É Tendência: Andar de Patins


            As férias já passaram e o feriadão de carnaval também (ahhhhhhhhhhh), mas isso não significa que não teremos mais tempo para diversão, pelo contrário, enquanto o outono e a época de provas não chegam que tal se divertir nos fins de semana andando de Patins?
            Os patins foram bastante populares durante a década de 90. Voltou como tendência durante os verões de 2010/2011 e 2011/2012 entre os hipsters e os descolados. Mas durante esse verão que ainda estamos (2012/2013), a tendência virou febre novamente fazendo todo mundo pegar/comprar seus patins e irem para os parques da cidade com os amigos.
            Existem dois modelos de Patins: os “quad” e os “in-line”. Para quem nunca andou recomendo pegar dicas com algum conhecido que já sabe e também usar os equipamentos de segurança durante o aprendizado, já que patins é mais fácil sofrer lesões que bicicleta.






E vocês vão ficar de fora dessa tendência?

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Programas de Edições Fotográficas


            Eles são a “cara metade” para a fotografia digital e 90% dos computadores residenciais possui algum instalado. Os Programas de Edições Fotográficas ou Editores de fotos são essenciais para quem tira foto com câmeras digitais ou faz manipulações com imagens. Eles irão tratar a fotografia como clarear ou escurecer, colocar ou tirar cor, colocar algum efeito legal na foto, e, até mesmo, remover aquele “intruso” que saiu na foto do lugar perfeito e estragou tudo.
            Nesse post vou mostrar quais são os Programas de Edições Fotográficas conhecidos e no fim do post irei dizer qual estou usando. Vamos lá:

→Photoshop: Famoso, popular e caro. Todos conhecem o Photoshop, até mesmo quem não sabe o que são editores de fotos, conhece o termo. Ele é excelente e tanto faz edições fotográficas quanto edições em vídeo. Ele também é um pouco complicado para mexer, por isso ele é mais comum para profissionais e pessoas que tenha muito tempo para perder aprendendo todas as ferramentas do mesmo (e olha que são muitas). O Photoshop é pago e é muito (muito) caro, mas você pode fazer o download e testar durante um período de graça. O programa também é bem pesado, portanto você tem que ter uma maquina muito boa para rodá-lo. Você pode fazer o download aqui.
→GIMP: O GIMP é o melhor e mais profissional programa de edição de imagem gratuito que existe. O programa está no mesmo nível do Photoshop, mas não chega a ser melhor. Para quem não tem dinheiro para comprar o Photoshop, poderá usar o GIMP como substituto, pois ele cumpre o seu papel, tanto para edições simples, quanto para grandiosas manipulações. O bom do GIMP é que ele não é tão pesado, fazendo o computador (não potente) não travar. Você pode fazer o download aqui.
→PhotoScape: Simplesinho, mas excelente. Com o PhotoScape você não irá fazer grandes manipulações que os softwares profissionais fazem, mas ele dá conta de simples edições nas suas fotos, ou colocar alguns efeitos nas mesmas e até mesmo fazer gifs. Ele também contém algumas funções que já vem pré-programadas facilitando seu trabalho. O programa é o editor de imagem mais baixado do Baixaki e facilmente se encontra no top 10 de programas. Você poderá fazer o download aqui.
→PhotoFiltre: Ele é conhecido e aposto que você já deve ter ouvido falar nele. Tem duas opções: a gratuita, que é simples e com as ferramentas básica, e a paga, que contém ferramentas mais profissionais. Ambos são indicados para quem trabalha aplicando filtros e efeitos nas imagens. Você poderá fazer o download aqui (para versão grátis), e aqui (para versão paga).
→Paint.NET: Ele está na mesma categoria do PhotoScape, porém não tão vantajoso quanto o primeiro. Ele é bom para quem gosta de fazer efeitos, banners simples, texturas e outras coisas simples. Você poderá fazer o download aqui.
→Picasa: Conhecido por gerenciar suas imagens do computador, o Picasa também é um simples editor, onde podemos colocar pequenos efeitos (adoro o botão “estou com sorte”), ou podemos cortar/copiar/colar. Você poderá fazer o download aqui.

            Cada software de edição de imagem citado tem sua particularidade, porém todos realizam o principal objetivo. Eu uso o Photoshop e o PhotoScape. Porém como minha relação com os programas de edições é simples, acabo usando mais o PhotoScape no dia-a-dia e o Photoshop para fazer grandes manipulações. Também não posso esquecer-me do GIMP, já que estou usando/testando ele de vez em quando (quando tenho tempo para gastar nele), e estou adorando, podendo substituir futuramente o Photoshop no meu computador. 

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

7 Coisas: Para não fazer em aniversário infantil


1 – Fique longe da mesa de doces e salgado. Festa de aniversário não é self service para você pegar salgadinho quando quiser. Então nada de bancar o “tio sem graça” que fica rondando a mesa.

2 – Eu sei que aquela batida animada é legal. Aquela voz lhe mandando tocar o joelho, mexer as mãos e olhar para o céu é controladora. Mas gente, Xuxa é só para baixinhos, ok?!

3 – Faltou palhaço? Nunca queira ser o palhaço da festa. Risco de você se soltar demais, fazer piadas sem graça/improprias, fazer crianças chorarem, e o pior, filmarem você fazendo babaquice e jogar tudo na internet. #Never

4 – A vela é só do aniversariante, portanto nada de soprá-la. Deixe a criança morrer com falta de ar tentando apagar sua vela e fazendo seu pedido sozinha, ok?

5 – É festa infantil e não festa de adulto. Então se te oferecerem bebida alcóolica, recuse e repreenda 3 vezes, para você não cair em tentação e no dia seguinte você encontrar  algum vídeo seu sem camisa e em cima de uma mesa dançando Macarena.

6 – Confraternize e sorria para todos. Porém, se alguma mãe desesperada chegar para você pedindo que fique de babá para o filho pestinha dela, enquanto a mesma vai fofocar com outras mães desesperada, levante-se da cadeira, coloque a mão direita aberta como se fosse parar algo e diga alto e claro: “Bitch, please!”. Saia do local “divando”.

7 – Se alguma criança te pegar falando sobre sexo e perguntar o que significa tal palavra, responda que “sexo é algo gostoso que você come junto com outra pessoa”.  Se no dia seguinte a criança dividir um sorvete com um amiguinho e disser para todos que fez sexo, o problema é dela.

sábado, 9 de fevereiro de 2013

Moda: Bermudas coloridas


            Sempre considero o mês de fevereiro o último mês do verão, até porque quem é que liga se é ou se não é verão depois que o carnaval acaba? E sem falar que algumas cidades do país, que ficam na região serrana, começam a esfriar no comecinho de março (minha cidade curtiu isso). Mas como ainda estamos no começo de fevereiro ainda dá tempo de aproveitar uma tendência que virou moda.
            Falo das bermudas coloridas. Elas tomaram as lojas esse ano e estão cada vez mais caindo no gosto masculino.


            As bermudas nesse verão estão mais curtas, mas não chega a se comparar a shorts. Também a modelagem está diferente.
            Elas ficam ótimas com uma camiseta, ou uma camiseta + uma sobreposição. Para calçar pode-se usar um chinelinho ou então um tênis ou sapato (desde que não seja social).


Tenha cuidado na hora de usar uma bermuda colorida para não errar na parte de cima e ficar parecido com um integrante de banda colorida. Opte por peças de cor neutra na parte de cima, mas quem já tiver um pouco de percepção sobre o que combina e não combina, pode se aventurar um pouco.

As bermudas pedem para serem usadas com a barra dobrada.


Se você não gosta de cor chamativa, poderá optar por bermudas com cores mais escuras e até mesmo neutras como a cor pastel, o marrom, e até mesmo o preto.
            Lembre-se que bermuda não é calça. Use bermuda em uma lanchonete, em um shopping, em um passeio, em um parque. Nunca use bermuda à noite, em baladas, em cinema, em barzinho (à noite não).

Curtiram? Que tal trocar aquelas bermudas de surfistas por essas?

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Filme: A nova Cinderela


            “Filme da adolescência, por mais pipoca que seja, você irá gostar dele pra sempre.” É o caso do  filme A nova Cinderela.
            Embora traga como pano de fundo o conto da Cinderela, o filme mostra um romance adolescente “moderno”, com o uso das SMS e do Messenger (ficar conversando até a madrugada), também mostra o sonho de querer estudar em certa universidade, do garoto e garota mais popular, e etc. Mas tudo com uma visão bem pipoca.

→Sinopse (Wikipédia):
Sam Montgomery é uma típica garota americana que vive cumprindo ordens de sua madrasta e suas irmãs desprovidas de beleza e inteligência. Certo dia na internet, ela conhece o seu príncipe encantado, e marca um encontro com ele em um baile. Mas quando descobre que sua alma gêmea é na verdade Austin Ames (o garoto mais popular da escola) ela foge no meio do baile quando falta apenas alguns minutos para a meia-noite (?). No entanto, se atrapalha e perde seu celular, e seu amor começa a procurar intensamente, e não desistirá até encontrá-la. Mas ela tem medo de que seja rejeitada e precisa decidir se terá coragem de se revelar ou se esconderá até ele desistir dela. Ela conta com seu amigo Carter para ajudá-la, mas Shelby a ex-namorada de Austin, atrapalha esse romance quando revela na frente de todos que Sam é a verdadeira Cinderela.

            Assistir esse filme em 2005 no auge da adolescência e ele faz parte da minha lista de melhores filmes teens que assistir na minha adolescência, claro.

Obs.: Só corrigindo a Wikipédia acima: Sam não foge do baile porque descobre que sua alma gêmea é o Austin, mas sim porque sua madrasta está preste a descobrir que ela está no baile.

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

A volta do Timberlake


            Eu sei que não é mais nenhuma novidade, mas mesmo assim não posso deixar de falar, até porque esperei muito tempo por novas músicas dele.
No dia 14 de janeiro, Justin Timberlake lançou o single Suit & Tie um feat. com Jay-Z, uma música inédita após um hiato de 6 anos. Confiram abaixo a música juntos com o lyric oficial:



            Ninguém estava esperando a volta do cantor. Ele parecia está bastante envolvido com o cinema. (Porém eu acho que ele não aguentou a cobrança dos fãs sedentos por músicas novas, e também se decepcionou por não ganhar um Oscar, hehe). Então no dia 10 ele divulgou um vídeo se dirigindo a um estúdio e dizendo: "I'm Ready". Agora todos sabiam que viria disco novo do Timberlake por aí.
            Ah, e o disco se chamará The 20/20 Experience, terá a produção de Timbaland (saudade R&B 2006/2007) e com lançamento previsto para 19 de maio.


            Semana passada (02/02) Justin performou S&T em uma festa privada, e claro que ele arrasou né? (“prestenção” na dança a partir dos 5:00 minutos)



            O videoclipe ainda não foi lançado, mais foi divulgado uma parte da coreografia. Quero vê todo mundo aprendendo para dançar na boate, ou na sala toda vez que tocar no rádio, ou então agora no dia 10 quando ele for se apresentar no Grammy Awards.




Atualização 14/02/2013
O clipe acabou de sair, dá o play:

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

O que a fotografia significa para você?


            Já se foi o tempo em que comprávamos filmes para câmera analógica simplesinha para fotografar “aquele” evento especial e as poses que sobrassem seriam para ser batida com o dia-dia da família. Nessas horas juntava todo mundo para a próxima pose ser tirada de outras pessoas. Talvez, essa tenha sido a melhor época da fotografia, embora tenha sido cara.
Era apreensivo ter bastante cuidado para a câmera não bater em nada que pudesse prejudicar o filme e mais apreensivo ainda era ter cuidado com o filme depois de tirar da câmera ou ter que levar a mesma para a lojinha de revelação para algum atendente tirar, pois você nunca soube. Era frustrante quando recebia as fotos reveladas e nem todas as poses saíram, inclusive aquela que você tanto queria, e era mais frustrante ainda quando nenhuma foto do filme saia.
            O tempo foi passando e conforme a tecnologia ia avançando, as câmeras também não ficaram para trás. Chegaram às câmeras digitais, puxando pelos pés das analógicas que reinava no topo da escadaria, fazendo-a cair.
            Era tudo muito novo. Display, cartão de memória, pixels, vê a foto na hora, tirar quantas fotos quisesse sem a preocupação com o filme acabar. Era vantagens demais sobre a coitada da analógica que não sabia nem o que era cartão de memória.
            Com as digitais poderíamos fotografa tudo e quantas vezes quisermos a mesma coisa. E se o cartão de memória enchesse? Tinha o computador para descarregá-lo.
            A câmera digital não estava satisfeita de ficar apenas em uma simples câmera para só ser lembrada em festas e eventos e decidiu incorporar em nossos celulares acompanhando as pessoas aonde quer que elas fossem. Logo o ser humano estava tirando fotos de tudo com o celular e abandonando cada vez mais a câmera digital em algum local do guarda-roupa.
            O tempo foi passando e com ele trouxe a popularização da internet no Brasil e as bendita/maldita “redes sociais”. Passamos há gastar muito tempo em frente ao computador dando adeus a vida social e fazendo os pais nos darem um sermão toda vez que passava uma matéria no Fantástico sobre os perigos da internet. A tela do computador era a nossa janela da frente de casa e nos éramos aquela vizinha fofoqueira que passava o dia todo na janela olhando a vinda dos outros, só que com um pouco de vantagem, pois diante dos nossos olhos tinha a vida dos amigos e também da garota/garoto que estávamos afim já que ninguém morava na nossa rua. Foi nessa época que nasceu a talvez mais abonável pose dos últimos tempos: A foto em frente ao espelho, segurando uma câmera digital e muitas vezes fazendo pose sensual.
            A partir daí a fotografia passou a ter outro significado. Era como se fosse obrigação tirar fotos apenas para ilustrar o perfil da rede social e esquecesse-se de fotografar a vida. Pra ser mais especifico digo que hoje em dia as pessoas registram poucas coisas da sua vida, e quando faz uso da câmera, é apenas para poder atualizar seu perfil na internet. Cadê aquela foto daquela rua que você adora? Cadê aquela foto do jardim magnifico da casa da sua avó? E aquela foto da sua escrivaninha mesmo estando bagunçada? Simplesmente não existe, porque o significado da fotografia passou a ser redes-sociais.
            Mas como tudo tem uma solução, graças ao surgimento de sites como Flickr (o mais velho) e We Heart it, o prazer pela fotografia voltou a reinar. É bom ver gente fotografando não apenas a si mesmo, mas todo universo ao seu redor. E isso é ótimo, pois quem nunca pegou uma foto de 10 anos e disse: “Poxa, olha como eu era”, ou “Adorava essa época, pois eu...”, e até mesmo “olha a minha rua como era diferente”.
            Fotografar é isso. É registrar cada pedacinho da vida para recordar amanhã, e não registrar apenas seu rosto ou registrar a reunião dos seus amigos naquele bar bastante popular, mas também registrar o seu quarto, sua casa, uma praça, uma paisagem encantadora, etc. Não é preciso ser nenhum fotografo para isso.

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

As várias faces da Europa


            Sempre fiquei encantado com as paisagens da Europa. Não tirava e nem tiro os olhos da TV quando passa algum documentário sobre a cultura, a arquitetura, os lugares abençoados pela natureza, as cidadezinhas pequenas de ruas e casas charmosas, o interior dos países famosos que só conhecemos a capital. Enfim, a Europa é linda.
            No ano passado descobrir um Tumblr lindo chamado All Things Europe. Ele divulga fotos, vinda do Flickr, dos lugares populares, desconhecidos, charmosos, românticos, misterioso, paradisíaco, da Europa. O Tumblr é tão lindo que te prende por horas, te faz desejar visitar e até mesmo morar. Confira algumas imagens:











Lindo né?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...