terça-feira, 16 de abril de 2013

Filme: As Patricinhas de Beverly Hills


            Sabe quando um filme é tão bom, mas tão bom que o colocamos no topo (ou quase) da nossa lista de filmes favoritos? Sabe quando um filme mostra tudo o que acontece na vida de um adolescente e que com uma coisa ou com outra acaba nos envolvendo porque nós nos identificamos? Pois o filme As Patricinhas de Berverly Hills (ou Cluelees) cumpre muito bem o seu papel.

            O filme é de 95, eu era criança na época e só vim assistir 6 anos depois (#sessãodatardefeelings) quando estava começando a minha adolescência. E cada vez que eu tinha oportunidade de assistir eu assistia, embora tivesse algumas coisas (músicas, gírias, telefone celular tijolão) que não era mais usado na minha época, ele parecia ser bem atual.

→Sinopse (Wikipédia):
Na região de Beverly Hills, uma adolescente de 15 anos, muito popular e rica chamada Cher, filha de um advogado muito competente, passa seu tempo em conversas fúteis, fazendo comprar com Dionne no shopping, namorando e mantendo a bateria do celular sempre carregada. Para aumentar sua nota de debate, ela resolve se envolver num projeto para unir um casal de professores. Quando Tai, uma novata, chega da Costa Leste ela sente que precisa ajuda-la tornando-a popular e acabam se tornando melhores amigas. Com a chegada do enteado de seu pai Josh, muda tudo, quando a crítica de não tomar conhecimento do “mundo real” e quando percebe que está totalmente apaixonada por ele, ela muda seu comportamento, não se interessando mais em fazer comprar e ajudando as outras pessoas. Fazendo Josh perceber que ela havia mudado.


            Embora o tema do filme seja voltado para as meninas, os meninos não ficarão entediados em assistir, aliás, porque não chamar toda galera para vê? Ah, mas vai ter alguém que vai dizer: “-Meninos não assistem isso.” E é verdade. Meninos sem cultura e alienado não assistem mesmo.
As Patricinhas de Beverly Hills foi um dos melhores filmes feito para adolescente da década de 90. Depois dele vieram vários outros, mas que não chegaram a superá-lo. O Trailer abaixo não é legendado, mas dá pra ter uma ideia de como é o filme.



Um comentário:

Ângela Silva disse...

Amo este filme :)
Estes clássicos são ótimos *-*
http://girl-secret14.blogspot.com.br/2013/04/filmes-radio-rebel.html

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...